quarta-feira, 25 de março de 2015

Lipocavitação - Lipo sem cortes

Lipocavitação ou ultracavitação é um procedimento na qual se faz uso de um ultrassom de alta potência, porém seguro, que atinge a sua gordura, mas protegendo seus órgãos.


Aqui no consultório é utilizando um equipamento de alta potência e alta frequência, que atinge camadas de gordura superiores a 4cm, e que pode (e deve em alguns) casos ser associados a outros tratamentos para obter a remodelagem corporal - por isso que sempre ressalta a importância da individualização do tratamento.

Mas como que este equipamento funciona?

Totalmente indolor, a única sensação que se tem é de leve calor, e em alguns casos um pequeno formigamento. Dentro da pele, o cristal do equipamento vibra em 950 KHz, com uma potencia total de 60 watts para tratar tecidos mais espessos. Por meio das ondas mecânicas de alta potencia e alta freqüência atingem a pele e agem especificamente nas células da camada adiposa produzindo um
efeito de cavitação intenso porém estável, que tem como conseqüência a diminuição da espessura e quantidade de gordura presente.

Suas ondas mecânicas conseguem fazer um efeito de cavitação ser 25 vezes mais efetivo que as de um ultrassom focado.

Essa é a forma convencional de usa-lo, porém é possível aplicar antes de intradermoterapia ( as famosas injeçõezinhas para gordura localizada e celulite).

Em pessoas com uma camada adiposa maior também é possível utiliza-lo para Hidrolipoclasia, mas esta parte vou deixar para explicar no proximo post.

Contra indicações absolutas
 Gestantes
 Pacientes em tratamento de fertilização
 Hipercolesterolemia
 Doenças autoimunes
 Doenças renal, cardiaca e hepatica
 Cancer
 Pós operatório
 DIU
 Pele não íntegra
 Mama, colo, pescoço
 Áreas próximas a coluna vertebral

Devido a metabolização da gordura é indicado:

- Não ingerir bebida alcoólica durante o tratamento;
- Fazer alguma atividade física nas 24horas após a sessão
- Evitar a ingestão de gorduras e carboidratos em excesso.
- Ingerir 2 litros de água por dia
- Seguir as recomendação individuais passadas durante a consulta e anamnese.

Os resultados são visíveis desde a primeira sessão, com perdas de até 4cm. Podendo ser realizados por homens e mulheres, em áreas como abdêmen, flancos, culote, glúteos, coxas, tríceps e costas ( áreas mais afastadas a coluna).

Agende sua avaliação!
(54) 3221-0479
(54) 8149-3777 (whats)

terça-feira, 10 de março de 2015

Terapia de Indução de Colágeno

A cada dia surgem novidades no campo da estética visando atenuar os sinais do tempo, bem como todas as desarmonias estéticas ( cicatrizes de acne, estrias, manchas, rugas, cicatrizes). Técnica popularizada pelo nome de Derma Roller , devido a marca mais famosa e talvez uma das mais seguras dos rolinhos que contém microagulhas que variam de 0,25 a 3mm de comprimento, a técnica também pode ser chamada por alguns de Microagulhamento.

Mas no que consiste esta técnica tão comentada?

A remodelação e o estímulo da produção de colágeno é o objetivo quando se fala em tratamentos anti-idade. Para isso é necessário que se estimule a pele de forma mais profunda, e não apenas superficialmente. Hoje há cosméticos muito bons no mercado, porém eles agem muito mais de forma preventiva do que corretiva.

Com esta técnica, se consegue de forma tão eficaz, se não mais, atingir camadas mais profundas da pele, do que técnicas ablativas como o Laser de CO2, e ainda com uma recuperação muito mais rápida, e sem ricos de hiperpigmentação pós-inflamatória ( risco de escurecimento da pele).

Ainda além de estimular uma cascata de regeneração da pele mais profunda, é possível associar principios ativos no momento que é realizado o procedimento, bem como após, em casa pelo próprio paciente. Ou seja as substâncias irão mais fundo na pele mesmo.

O rolinho com as agulhas faz microperfurações na pele, em 4 sentidos. Para tornar a técnica mais agradável, o paciente recebe uma pomada anestésica, cerca de 40 minutos antes do procedimento. E para que haja uma recuperação mais rápida e um melhor aproveitamento, é indicado o uso de nutraceuticos, e uma preparação prévia da pele.

Em média, a região tratada fica mais inchada e vermelha por no máximo 48 horas, podendo ter uma leve descamação depois deste período.

Quanto mais profundo conseguirmos ir, melhores os resultados.

Não vou entrar em termos técnicos aqui, mas em resumo, a técnica consiste em uma cascata de processos de estimulação iniciando pela liberação de citocinas e terminando na transformação de colágeno do tipo III pelo colágeno tipo I de 6 a 12 meses depois.

Ou seja, o resultado é progressivo.

Das técnicas que utilizei até hoje no tratamento de estrias esta foi a mais eficiente ( lembrando que até hoje não há tratamento que faça sumir 100% as danadinhas).

Mas por que se fala tanto em colágeno????

Por que ele representa 25% das proteínas presentes na pele. E todos os dias a gente faz o que? Lesiona o colágeno, com má alimentação, estresse, e desidratação.

Por isso que sempre, é indicado junto ao tratamento uma preparação para antes e depois, para tirar melhor proveito da técnica. E quando os cuidados e os tratamentos são realizados corretamente, muitas vezes uma única sessão já se torna suficiente.

Aqui no consultório no dia do tratamento ainda associamos a fototerapia, para ajudar no processo de cicatrização, estimular a chegada de água na pele, e ainda ter efeito bactericida.

Quem quiser maiores informações ou explicações mesmo sobre a técnica, pode me mandar um email. Aqui não quis entrar em termos técnicos, mas fico a disposição para maiores explicações.

E quem quiser agendar uma avaliação e iniciar o tratamento ( o ideal é fazer a preparação cerca de um mês antes da aplicação) pode ligar no 54-81493777


OBS: esta técnica não é indicada para peles com acne ativa, pessoas em terapia com anticoagulante, problemas de cicatrização, e fototipos mais altos ( que ficam manchadas facilmente)