domingo, 23 de março de 2014

Torta Light , sem Glúten e sem Lactose

Para tudo quem já estava pensando que ia enfiar o pé na jaca hoje, por que tem que alguém comemorando aniversário em casa... Ou que vai ter que ficar chupando o dedo por que tem intolerância e não pode comer nenhum fatia de bolo...

Essa receita da Nutri Adriele Lunelli todo mundo pode comer, e se lambusar!!!


Torta sem açúcar e sem lactose


Ingredientes do bolo:

8 colheres de sopa de farelo de aveia

2 colheres de sopa de PIS (proteína isolada de

soja)

2 colheres de sopa de cacau em pó

3 colheres rasas de sopa de adoçante forno e

fogão

3 ovos

1 xícara de leite de soja ou sem lactose

1 colher rasa de fermento para bolo


Modo de fazer:

Iniciar batendo os ingredientes líquidos na  batedeira e ir acrescentando os demais, misturar o fermento por último.

Assar por +ou- 30 minutos. Deixar esfriar e após cortar ao meio no sentido horizontal.


Ingredientes do recheio (receita leite condensado sem açúcar e sem lactose):

2 xícaras de leite de soja em pó (de preferência

o light)

1 xícara de adoçante forno e fogão

1 xícara de água quente

2 colheres de sopa de requeijão light ou

manteiga sem sal

Coco ralado sem açúcar (opcional)

Modo de fazer:

Bater todos os ingredientes no liquidificador  (exceto o coco ralado) por 5 minutos e reservar. Acrescentar o coco ralado sem açúcar  (opcional), levar para o microondas por 3 a 4 minutos, mexendo a cada minuto.


Ingredientes cobertura (ganache):

3 barrinhas de chocolate sem açúcar e semlactose

2 colheres de creme de leite fresco/nata


Modo de fazer:

Derreter o chocolate no microondas ou em banho Maria, após acrescentar o creme de leite

fresco.

Montagem:

Umedecer a primeira camada do bolo com leite se soja ou sem lactose, acrescentar o recheio,  umedecer a outra camada de bolo, colocar  sobre o recheio e cobrir a torta com a ganache.

domingo, 9 de março de 2014

Máscara de Colágeno e Ácido Hialurônico

Já falei algumas vezes da importância tanto do colágeno, quanto do ácido hialurônico para nossa pele. Ambos são os responsáveis por manter a elasticidade e a firmeza da pele. A partir dos 25 anos, já vamos começando a perder estes dois elementos fundamentais, e com isso podem começar a aparecer os primeiros sinais de envelhecimento.

Porém hoje já é possível frear esta degradação, primeiramente com uma boa alimentação, rica em antioxidantes. E ai podem entrar também os nutracêuticos, as famosas cápsulas de beleza, que podem ser encontradas em farmácias, ou manipuladas conforme as tuas necessidades, idade ( particularmente acho mais interessante).

E além disso é possível cuidar de fora para dentro também, o que é ideal principalmente para quem já se encontra com sinais aparentes, ou por quem passou por exposição maior ao Sol, ou agentes que causem estresse a pele.

Hoje apresento para vocês a Máscara de Colágeno Biogen, rica em colágeno, ácido hialurônico e vitamina C.

No consultório, a aplicação da máscara é antecipada por um peeling, para retirar as células mortas e propiciar um melhor aproveitamento dos ativos. Este peeling pode ser enzimático ( mais superficial) ou mecânico. 

É feita então a aplicação da máscara que recebe a Luz Azul, para melhor penetração dos ativos e melhora no efeito da hidratação , propiciando também o clareamento da pele. A máscara: 



- Hidrata e nutre profundamente por meio de difusão, onde os ativos migram do meio mais concentrado (máscara) para o meio menos concentrado (pele)
- Contém colágeno e agentes tonificantes, favorecendo a revitalização em todos os tipos de pele.
- Estimula a microcirculação e o metabolismo celular devolvendo vitalidade e viço à pele.
- Ação antioxidante.
- Protege contra a degradação dos telômeros, favorecendo a longevidade celular.
- Contém Vitamina C: ilumina a pele.
- Dermatologicamente testado.


quinta-feira, 6 de março de 2014

Fibromialgia: dor que entristece ou tristeza que causa dor?

A fibromialgia é uma síndrome crônica, caracterizada por queixa de dores musculares intensas e pontos dolorosos.

As principais regióes acometidas são: pescoço, ombro, escápula e lombar.

É uma doença correlacionada com distúrbios de sono, cefaléia, síndrome do intestino irritável, rigidez matinal, cansaço crônico e depressão. Pacientes com fibromialgia (cerca de 5% da população feminina) possuem baixos níveis de serotonina, anormalidades circulatórias e baixa densidade muscular.

Segundo Duna e Wike (1993) o sono desordenado talvez seja o principal culpado. A falta de sono reparador reduz a produção de serotonina e consequentemente diminui as endorfinas que regulam a modulação da dor, ou seja, aumentam a sensibilidade do paciente.

Fatores desencadeantes:


  • alterações microcirculatórias que alteram o nível de dor
  • atividade física ou mental excessiva
  • estresse
  • distúrbios psicológicos como ansiedade, depressão e nervosismo
Na medicina chinesa acredita-se que O VENTO e os SENTIMENTOS como raiva, alegria em excesso, tristeza, medo, susto e preocupação sejam os maiores causadores desta síndrome. Realinhando estas desarmonias além de sentir menos dor, o paciente sente uma série de benefícios.

Algumas deficiências nutricionais como vitamina C, complexo B, ferro, magnésio e glutina podem agravar o caso.





Bolinhos de Couve-Flor

Já mencionei aqui várias vezes que sou adepta de uma dieta com menos carboidratos ( low carb) e dentro do possível procuro que tudo na minha alimentação seja bastante funcional, ou seja, com muitas fibras e vitaminas.

Esta receita que a nossa Nutricionista Adriele nos passou é muito gostosa, super leve, e pode ser uma opção de lanche ou petisco bem saudável.

A receita leva a nossa querida Quinoa, rica em aminoácidos e fibras. Para quem esta cortando o glúten da dieta também é tranquila.

Na volta do Carnaval é uma excelente pedida.


Bolinhos de couve-flor do bem

Ingredientes:
  • 01 couve-flor
  • 02 ovos
  • 1/2 xícara de leite desnatado
  • 1/4 de xícara de quinoa em flocos
  • 02 colheres de sopa de queijo cottage
  • 1/4 de xícara de farinha de quinoa
  • 01 colher de chá de fermento
  • 02 colheres de sopa de azeite de manjericão ou azeite de oliva extra virgem , reserve um pouquinho para finalizar 
  • 02 colheres de sopa de gergelim preto
  • 02 colheres de sopa de salsinha picada
  • 02 colheres de sopa de cebolinha picada
  • azeite /  sal / pimenta a gosto
Modo de preparo:
  • Cozinhe os floretes da couve-flor no vapor e pique-os.
  • Bata os ovos em uma tigela e adicione a couve-flor picada e os outros ingredientes.
  • Misture bem, tempere com sal e pimenta e despeje em forminhas de muffin untadas com azeite. Se preferir, coloque direto em forminhas de silicone.
  • Despeje um pouquinho do azeite de manjericão reservado em cima de cada bolinho.
  • Leve ao forno (180ºC) por 20 minutos. Depois, aumente o forno para 200ºC e asse por mais 20 minutos até ficarem cozidos e dourados.
  • Sirva quente!

Rende de 8 a 12 bolinhos (dependendo do tamanho da couve-flor)
Obs: usar o azeite de oliva extra-virgem com moderação.